Seguidores

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Os benefícios da Quinoa



A quinoa continua rendendo boas notícias. Em 2013, Ano Internacional da Quinoa (ONU) e do 4º Congresso Mundial, especialistas reunidos no Congresso Científico sobre Quinoa, realizado em La Paz, na Bolívia, decidiram criar a Associação Científica do Grão de Ouro. O objetivo é envolver todos os produtores e pesquisadores para disseminar informações sobre o cereal e incentivar novas descobertas sobre seus benefícios à saúde.

A quinoa – também conhecida como “comida de astronauta” por ser a base dos cardápios da NASA em viagens espaciais – tem origem milenar. Já era consumida pelas primeiras civilizações da América e várias organizações modernas buscam difundir seu consumo no âmbito da saúde pública.

O cereal se destaca por conter o dobro de proteínas de um cereal tradicional, além de gorduras “boas” - que contribuem para a redução do colesterol “ruim” no sangue - carboidratos como amido (que ajudam no processo digestivo), minerais como cálcio e fósforo, e vitaminas do complexo B, C e E.

Além disso, a quinoa não contém açúcares e seu teor de ferro é mais elevado que o de outros alimentos básicos. Embora a porcentagem de proteínas seja menor que a da carne vermelha, sua qualidade proteica é altíssima, pois contém oito aminoácidos essenciais para o ser humano. Rica em fibras, a quinoa apresenta uma excelente proporção de nutrientes e é o alimento ideal para todo tipo de dietas, inclusive para celíacos, já que não contém glúten.

Outros benefícios da Quinoa: 

Ajuda na perda de peso
A quinoa é uma excelente fonte de fibras, que contribuem para o processo de emagrecimento. Ela também é rica em triptofano, aminoácido envolvido da síntese de serotonina, substância relacionada com a sensação de bem estar, saciedade e bom humor.

Contribui para o ganho de massa muscular
As proteínas têm papel fundamental na formação dos músculos e, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), neste quesito, a quinoa possui quantidades comparáveis ao leite. “Os grãos do alimento são ricos em aminoácidos essenciais ao organismo, que formam as proteínas, como valina, histidina, triptofano e isoleucina. Estes compostos não são produzidos pelo nosso organismo e só podem ser adquiridos através da alimentação. É por este motivo que a quinoa é considerada um alimento de alto valor biológico.

Para os vegetarianos, pode substituir o feijão
O ferro encontrado nas carnes é considerado melhor para o organismo, já que seu poder de absorção é maior quando comparado ao nutriente de origem vegetal. Mas é um engano pensar que apenas o feijão entra na lista dos vegetais ricos no mineral. A quinoa possui mais ferro do que o feijão. Apenas os feijões dos tipos azuki e vermelho possuem quantidades maiores do mineral. Para os vegetarianos, é muito importante variar a fonte de ferro, não concentrando todo o cardápio em apenas um alimento que contenha a substância. Vegetais folhosos de cor verde escura e beterraba são outros vegetais ricos em ferro.

Faz bem à saúde
A quinoa não contém glúten e também pode ser consumida por diabéticos. Os grãos do alimento possuem ômega-3 e 6, que contribuem para a redução do colesterol e prevenção de doenças cardiovasculares. 

E aí, vamos incluí-la em nossa alimentação???

Fonte:
gnt.globo.com
ciclovivo.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário